2442-8004 / 3153-1098 contato@clinicagerarvida.com.br

Alterações Genéticas

Alguns homens e mulheres carreiam anormalidades genéticas que os tornam menos capazes de gerar filhos e mais propensos a abortos.  Um exemplo é a translocação, um rearranjo do material genético.  Estes “defeitos” podem muitas vezes ser identificados por testes genéticos.  Alguns casais podem ter uma doença familiar e querem impedir que esta seja passada a seus descendentes.  Em casos mais específicos, um tratamento de reprodução assistida denominado Diagnóstico Genético Pré-Implantacional (PGD) pode ser realizado em conjunto com a FIV.  O PGD permite que o casal tenha o perfil genético dos embriões antes da sua transferência ao útero.